Trabalhadores assinam acordos específicos com o Bradesco

5 de setembro de 2017

trabalhadores-assinam-acordos-especificos-com-o-bradesco_9ea37c6846ef28b1c52c77a7910e3044

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), federações e sindicatos assinaram na tarde desta segunda-feira (4), na sede da Contraf-CUT, em São Paulo, quatro acordos coletivos aditivos à CCT relacionados à direitos específicos conquistados pelos trabalhadores do Bradesco.

A assinatura dos documentos garante o Sistema Alternativo de Controle de Jornada de Trabalho 2017/2019 (Ponto eletrônico), a Análise de Crédito, de Atendimento e de Suporte do Banco Bradesco Financiamentos 2017/2019 e Programa de Capacitação Designado CIPA” 2017/2019 (CIPA Treinet), que abrangem todo o país.

Para o presidente da Contraf-CUT, Roberto von der Osten, os acordos garantem direitos específicos conquistados pelos bancários do Bradesco. “É um grande avanço e vai dar mais segurança ao trabalhador. Além disso, agora ele poderá participar efetivamente dos debates sobre a jornada de trabalho”, disse.

Os sindicatos dos bancários de São Paulo e Curitiba também assinaram um documento referente ao Telebanco, no qual ficou definido que os trabalhadores do teleatendimento irão receber um adicional R$53,45 para os dias trabalhados aos sábados, domingos e feriados. Para aqueles que ocupam cargo remunerado com gratificação de função de confiança, o valor adicional será acrescido de 55%.

“A assinatura destes acordos somente foi possível porque, antes conquistamos o direito de discutir sobre a jornada de trabalho e criamos um GT com esta finalidade. Mas, a discussão se tornará mais efetiva com a possibilidade de real controle do horário de entrada e saída”, explicou Gheorge Vitti, coordenador da COE do Bradesco.

Além de Gheorge, também estiveram presentes na reunião o presidente da Contraf-CUT, Roberto von der Osten, a vice-presidenta Juvandia Moreira e representantes do Sindicato dos Bancários do ABC; de São Paulo, Osasco e região; e da Bahia. Outras federações foram representadas pela Contraf, após enviarem procuração à entidade.

FONTE: Contraf-CUT

FOTO: reprodução / Contraf-CUT

Localização

Rua João Antônio da Silveira, 885, Centro, Novo Hamburgo

Revista ContraOrdem

Contra Ordem nº 2
junho/2018

– A questão social dos caminhoneiros
– Tudo o que aconteceu na Conferência Nacional dos Bancários e Bancárias
– O projeto de destruição da Petrobrás
– Ultratividade: Entenda o que está em jogo

Ver essa edição Ver edições antigas

Novidades pelo whatsapp

Inclua o número (51) 99245-5813 nos contatos do seu celular.

Parceiros:

Direitos reservados - Sindicato dos Bancários e Financiários de Novo Hamburgo e Região