No Dia d@ Bancári@, BB lança campanha que reduz o emprego

31 de agosto de 2017

no-dia-doa-bancarioa-bb-lanca-campanha-que-reduz-o-emprego_be0e749447d7cba4c736094e3fd23cbd

Na última segunda-feira, dia 28 de agosto de 2017, bancários e bancárias em todo país comemoravam seu dia! Mas, em sinal de desrespeito, o Banco do Brasil, nesse mesmo dia, lançou uma campanha intitulada Caravana Vai no App, em que uma van fica estacionada em frente a uma agência bancária, com terceirizados que abordam clientes do banco, estimulando a utilização do aplicativo, via telefones celulares.

Os bancos dizem que o serviço é para trazer conforto e praticidade aos clientes, mas não divulgam informações dos efeitos colaterais nefastos aos trabalhadores, com a crescente digitalização dos serviços bancários. Estudos apontam que a digitalização das instituições financeiras, são inversamente proporcionais à geração de emprego. Ou seja, quanto mais os aplicativos e meios digitais são utilizados, menos seres humanos serão necessários.

“Cada aplicativo baixado em um celular tira dezenas de empregos”, avalia o Presidente do SindBancários Petrópolis, Marcos Alvarenga. “Centenas de aplicativos baixados acabam com milhares de empregos. Não podemos ser digital a tal ponto que ajudamos a acabar com a vida de pessoas, pais e mães de família. Ainda mais nesse momento de crise econômica que o Brasil atravessa. Além disso tudo, os aplicativos e as transações feitas online (através da Internet) ainda são muito vulneráveis a vírus e aos golpes virtuais. O atendimento pessoal e presencial nas agências ainda é a forma mais segura para clientes e usuários realizarem suas transações.”

FONTE: SindBancários/Petrópolis

FOTO: reprodução / SindBancários/Petrópolis

Localização

Rua João Antônio da Silveira, 885, Centro, Novo Hamburgo

Revista 2ª Via

Edição nº 294
Agosto/2017
  • Conferência: em meio aos ataques aos trabalhadores, bancários definem pauta da Campanha Nacional 2017 (páginas 06 e 07)
  • Editorial: a CLT já foi… E a aposentadoria? (página 02)
  • Bradesco: adesão ao PDVE tem que ser voluntária (página 03)
  • Reforma trabalhista: quadro compara legislação e destaca perdas para os trabalhadores (páginas 08, 09, 10 e 11)
Ver essa edição Ver edições antigas

Parceiros:

Direitos reservados - Sindicato dos Bancários e Financiários de Novo Hamburgo e Região