Itaú lucra R$ 6,2 bilhões no primeiro trimestre de 2017

4 de maio de 2017

O Itaú lucrou R$ 6,2 bilhões no primeiro trimestre de 2017, com crescimento de 19,64% em relação ao mesmo período de 2016. O retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio Anualizado (ROE) ficou em 22,0%, representando uma alta de 2,4 p.p. em doze meses.

Clique aqui e veja os destaques do Dieese.

A holding encerrou o primeiro trimestre de 2017 com 81.219 empregados no país, uma redução de 1.652 postos de trabalho em relação a março de 2016. Foram abertas 36 agências digitais (que já somam 144 unidades) e fechadas 202 agências físicas no país no ano. O total de agências e pontos de atendimento do banco no Brasil e exterior, em março de 2017, foi de 5.005.

“Não podemos deixar de frisar os interesses do banco nestas reformas pautadas pelo governo ilegítimo de Temer, como terceirização, reformas trabalhista e previdenciária”, lembrou Jair Alves, coordenador do COE Itaú. “E, com todo esse lucro, o banco continua com processo de demissão e fechamento agências. Por outro lado, vem apostando no modelo digital, um segmento implementado pelo Itaú no sistema financeiro”, completou.

FONTE: Contraf-CUT

Localização

Rua João Antônio da Silveira, 885, Centro, Novo Hamburgo

Revista 2ª Via

Edição nº 294
Agosto/2017
  • Conferência: em meio aos ataques aos trabalhadores, bancários definem pauta da Campanha Nacional 2017 (páginas 06 e 07)
  • Editorial: a CLT já foi… E a aposentadoria? (página 02)
  • Bradesco: adesão ao PDVE tem que ser voluntária (página 03)
  • Reforma trabalhista: quadro compara legislação e destaca perdas para os trabalhadores (páginas 08, 09, 10 e 11)
Ver essa edição Ver edições antigas

Parceiros:

Direitos reservados - Sindicato dos Bancários e Financiários de Novo Hamburgo e Região