Chapa “Defender a Fundação, Defender o Banrisul” quer gestão focada na necessidade dos bancários

24 de agosto de 2017

Entre os dias 28 de agosto e 4 de setembro, os participantes dos planos da Fundação Banrisul escolhem dois representantes no Conselho Deliberativo – órgão máximo da entidade – e um no Fiscal. É a oportunidade de eleger candidatos abertos ao diálogo e comprometidos com as necessidades dos participantes, como os integrantes da chapa “Defender a Fundação, Defender o Banrisul” (número 11 e 12 no Conselho Deliberativo e número 1 no Conselho Fiscal).

Prova disso é que os atuais indicados pelo Banrisul e eleitos pelos participantes nos últimos pleitos não fizeram, nos últimos anos, ajustes possíveis que poderiam deixar as contribuições pagas pelos participantes mais baixas. Se no FBPREV e FBPREV II é possível reduzir a taxa de administração, o PB Saldado já está equilibrado e sua contribuição extraordinária não é mais necessária. A disposição que os gestores da Fundação tem em empurrar uma nova cobrança para os bancários desaparece na hora de retirá-las.

Essa será a oportunidade de mudar os rumos da Fundação Banrisul. Lembre-se de votar e não esqueça: a escolha é sua e não do seu gestor.

As propostas

– Diminuição da taxa de administração;

Há condições para diminuir a taxa de administração no FBPREV e FBPREV II, com consequente diminuição na contribuição paga à Fundação

– Equalizar as taxas de contribuição do FBPREV e FBPREV II;

Unificar as taxas de contribuição dos dois planos FBPREV, permitindo uma aposentadoria maior

– Fim da contribuição extraordinária para o PB Saldado

O último balanço do plano mostra que o plano está equilibrado e é possível acabar com a contribuição extraordinária. Os atuais gestores mostram muita disposição para cobrar novas taxas e um conservadorismo exagerado para retirá-las quando já não são mais necessárias

– Fim do voto de qualidade nos conselhos e na diretoria executiva

Os conselhos e a diretoria executiva são composto por um número par de integrantes. Em caso de empate, a decisão é do presidente, que tanto da executiva e do Deliberativo é indicado pelos patrocinadores

– Defesa da Fundação Banrisul, lutando contra o PL 268

O momento é delicado, com possibilidade de privatização do banco. Já a PL quer acabar com a eleição de membros para diretorias e conselhos de fundações

– Transmitir, ao vivo, as reuniões dos conselhos Deliberativo e Fiscal;

Os participantes tem o direito de saber o que se discute nas reuniões e os avanços tecnológicos permitem uma transmissão ao vivo quase sem custos

– Reabertura o processo de migração do PBI;

Os bancários estão pagando contribuições extraordinárias e querem migrar para outro plano. Cabe a Fundação abrir um novo processo.

Conselho deliberativo

Vote 11

• Atilo da Luz Escobar (Titular)

Funcionário do Banrisul há 11 anos, sendo quatro na área de Controle Interno e três como instrutor em prevenção de lavagem de dinheiro. Graduado em administração de empresas pela PUCRS.

• Carlos Augusto Oliveira Rocha (Suplente)

É funcionário do Banrisul desde 1979. Foi presidente do Sindicato dos Bancários de Alegrete e, entre 2011 e 2015, membro eleito do Conselho Deliberativo, cargo que também exerceu de 2001 a 2005. Diretor de Formação da Fetrafi-RS.

Vote 12

• Denise Falkenberg Corrêa (Titular)

Lotada em Pelotas, no Banrisul desde 1985 e diretora de Saúde da Fetrafi-RS. De 2011 a 2015, foi conselheira fiscal eleita da Fundação.

• Ricardo Rocha Morrone (Suplente)

Técnico contábil, trabalhou por 36 anos na Fundação Banrisul, sempre na área de previdência, setor que também gerenciou por três anos.

Conselho fiscal

Vote 1

• Gerson Marques dos Reis (Titular)

Foi gerente de Atendimento e de Crédito na Agência Central. Cursa Ciências Econômicas na UFRGS e é diretor do SindBancários e técnico em Recursos Humanos.

• Vaine Terezinha Andreguete (Suplente)

Formada em Relações Publicas, ingressou no Banrisul em 1986. Foi conselheira fiscal da Fetrafi-RS, da Contraf-CUT e diretora do Sindicato dos Bancários de Caxias e Região.

Localização

Rua João Antônio da Silveira, 885, Centro, Novo Hamburgo

Revista 2ª Via

Edição nº 294
Agosto/2017
  • Conferência: em meio aos ataques aos trabalhadores, bancários definem pauta da Campanha Nacional 2017 (páginas 06 e 07)
  • Editorial: a CLT já foi… E a aposentadoria? (página 02)
  • Bradesco: adesão ao PDVE tem que ser voluntária (página 03)
  • Reforma trabalhista: quadro compara legislação e destaca perdas para os trabalhadores (páginas 08, 09, 10 e 11)
Ver essa edição Ver edições antigas

Parceiros:

Direitos reservados - Sindicato dos Bancários e Financiários de Novo Hamburgo e Região