Sindicato orienta sobre PDV do Banrisul

16 de setembro de 2020

 

Hoje, a partir das 18h, começa a assembleia virtual através da qual os bancários e bancárias do Banrisul poderão aprovar ou reprovar a proposta do Plano de Demissão Voluntária (PDV) oferecida pelo banco. É importante ressaltar que a votação é apenas para que o PDV se inicie, e não para aderir ao mesmo.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Novo Hamburgo e Região, Everson Gross, explica que a posição do Sindicato é contrária à negociação que se apresentou, mas que muitos bancários e bancárias têm pedido a abertura do PDV, e isso deve ser respeitado. “A forma como o Comando negociou a abertura do PDV é prejudicial para a nossa categoria. Ninguém que defenda os trabalhadores pode estar satisfeito com o resultado desta negociação. A impressão que temos é de que alguns colegas esqueceram o lado que estão e a quem devem defender. Ainda assim, como é um pedido dos próprios trabalhadores, o Sindicato deixa a critério dos banrisulenses a aprovação da abertura do PDV”, pontuou Everson.

O presidente ainda explica que a proposta não é a melhor para os trabalhadores, mas a escolha de adesão é absolutamente individual. “Cada trabalhador tem as suas escolhas individuais. Não é o Sindicato que vai dizer quem deve ou não aderir ao PDV. Nosso dever é outro: orientar e dar todo o embasamento possível para que os banrisulenses entendam tudo que estão abrindo mão ao aderir ao PDV e o que receberão para ingressar no Plano. Nós, particularmente, não concordamos com um PDV sem multa rescisória de 40% e muito menos com quitação de contrato de trabalho. Mas, se o trabalhador ou trabalhadora acreditar que, mesmo perdendo estes direitos, o PDV é bom para eles, o Sindicato estará ao seu lado, orientando e auxiliando no que estiver ao seu alcance”.

Everson lembra ainda que, ao aderir ao PDV, os banrisulenses abrem mão de participar de qualquer tipo de ação judicial individual ou coletiva para reparar perda de direitos. “O Sindicato vai prestar todo o apoio necessário e coloca, desde já, os seus advogados à disposição para explicar quais são os direitos ao ingressar no PDV e também o que o bancário e a bancária está abrindo mão. A partir disso, cabe ao trabalhador decidir o que é melhor para si”.

Reposição

Outro ponto que o SindiBancários de NH e Região questiona sobre a negociação do PDV é a reposição dos trabalhadores. “Em nenhum momento o Bansirul se comprometeu a repor os 1500 banrisulenses que serão dispensados. Não citou a abertura de um concurso para a renovação do seu quadro, o que nos faz pensar que  o objetivo é a contratação de estagiários ou trabalhadores terceirizados, precarizando ainda mais o trabalho no Banco e o serviço prestado.

Confira a proposta: http://bancariosnh.com.br/bancarios-do-banrisul-avaliam-proposta-de-pdv/

Link para votação (disponível a partir das 18h): https://bancarios.votabem.com.br/

 

Localização

Rua João Antônio da Silveira, 885, Centro, Novo Hamburgo

Revista ContraOrdem

Contra Ordem
Agosto 2020
Ver essa edição Ver edições antigas

Novidades pelo whatsapp

Inclua o número (51) 99245-5813 nos contatos do seu celular.

Parceiros:

Direitos reservados - Sindicato dos Bancários e Financiários de Novo Hamburgo e Região